domingo, 30 de dezembro de 2012

Trabalho


O trabalho edifica o homem Já dizia Benjamin Franklin. Eu não sei ao certo a que trabalho Franklin se referia, acredito eu, que ele não deve ter feito menção há trabalhos que humilhem, que desumanizem o ser humano, há exemplo disso: no Brasil há tantos que ganham míseros R$ 622.00 por mês para sustentarem as suas respectivas famílias, nem menciono os que são ilegais perante a lei. Enquanto em 2013 o salário irá para R$ 678,00 um aumento cerca de 9%, mesmo o DIEESE apontando um salario em setembro de 2012 de R$ 2.616,41, no final da legislatura passada em 2010, deputados e senadores aprovaram um decreto legislativo em que autoconcederam um aumento, equiparando os salários aos recebidos atualmente pelos ministros do Supremo. O plenário do Senado aprovou em 2012 dois projetos de lei que concedem reajustes salariais aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e aos procuradores gerais da República, onde consta um aumento de 15,7% nos próximos três anos, chegando a R$ R$ 30.918,51 mil por mês até 2015. Atualmente é de R$ 26.723,00 por mês. Ou seja, uma bela jogada dos Senadores e Deputados para reajustarem os seus salários que já são de: Senador, salário médio: R$ 16 mil Auxílio Moradia: R$ 3.800 mil. 25 litros de combustível/ dia, carro oficial Verba Indenizatória (despesas de gabinete – lápis, papel, funcionários): R$ 15 mil. Deputado Federal: Salário médio: R$ 16 mil. Auxílio Moradia: R$ 3 mil Verba Indenizatória (despesas de gabinete – lápis, papel, funcionários): R$ 15 mil. Passagens aéreas: R$ 4,7 e R$ 18,7 mil. Líder de Bancada e Vice Líder, Presidente ou Vice Presidente receberá comissão permanente de R$ 5.513,00. Há trabalhos que edificam apartamentos com muitos metros quadrados na cobertura de um luxuoso edifício,  e outros que edificam barracos nos lugares mais altos dos morros.


Por: Leandro Medeiros Santos




segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Natal







Luzes coloridas
 Piscando em espiral em torno de árvores
 Que os seus frutos saciam a fome da ganância
Daqueles que não sabem de fato o que é ter fome.
 Um cachecol luzente que aquece o coração do consumo exacerbado
Que bombeia em suas veias um sangue verde.
Uma árvore que deixa muitos olhos encantados
Principalmente dos que estão do outro lado da janela
Sem ter quase nada essa e outrras noites para por na panela
E nem ao menos uma meia furada
Para pendurar nos galhos das arvores da pracinha
a única árvore que possuem.
O papai Noel não poderá visita-los
pois a única chaminé que possuem
São os seus cigarros lisérgicos
Por onde adentram os seus natais
Com árvores, presentes, uma ceia farta,
 E uma família feliz dando gargalhadas
Até sair pelas suas chaminés a ultima fumaça
É quando o seus natais dissipam.

Por: Leandro Medeiros Santos

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Impunidade



O que é feito muitas vezes é combater a criminalidade com o crime.
A injustiça sendo injusto.
Garantir que se cumpra a lei, com violações de outras leis.
Utilizar da autoridade, de forma autoritária.
Condenar as vitimas e absolver os culpados.
E Até que se prove o contrario todo o réu é inocente, mas algumas vezes só por ser suspeito, talvez por ser preto e pobre é considerado culpado.
E assim comemoramos os sessenta anos, da declaração dos direitos de todos e privilegio de poucos.
Os vinte anos da promulgação da nova constituição,
Por alguns que a enxovalharam, e o poder publico utilizaram como moeda de barganha,
E venderam os seus votos muitos deles comprados,
por uma conta bancaria em alguma ilha no arquipélago da corrupção.
E quando recordamos que os heróis da democracia
foram perseguidos, presos, torturados e exilados,
Mas não conseguiram calar-lhes mesmo os que foram mortos,
e as suas famílias não puderam chorar sobre os seus corpos,
e só tiveram como se despedir por uma foto.
E enquanto isso os assassinos os algozes da liberdade gozam de impunidade.
Lacaios dos diabos de torturadores, foram ainda condecorados com a medalha de pacificador.
Queimaram os rastros de aflição e dor, para não serem identificados como os culpados.
E o golpe foi chamado de revolução e a verdadeira revolução foi chamada de subversão.
E a tortura se perpetua, é um crime de lesa humanidade,
cometido por muitas autoridades que contam com a impunidade,
e maculam a imagem da justiça que está como a sua estatua, cega e sem vergonha, pois despiram as vestes da lei e vendaram os olhos da justiça.
Ordem e progresso, uma mentira imposta como verdade, pelo que foi o governo fascista dos militares da desordem do regresso,
que negaram a nós o direito a nossa historia , e dos pais de sepultarem os seus filhos , e ainda hoje nos chamam de revanchistas, pois só o que queremos é justiça.


Por: Leandro Medeiros Santos

sábado, 15 de dezembro de 2012

Justiça sem lei



“Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos”.

Todos são iguais perante a lei. Isso é o que a lei diz, pois na pratica elas são utilizadas como medidas de segregação social. O direito e dever são inerentes a todos os Brasileiros, entretanto os direitos são de todos, mas são poucos os que têm o privilégio de goza-los. Do mesmo jeito são com os deveres, todos os tem, mas são poucos os que cumprem. Tantos inocentes são culpados e tantos culpados são inocentados. Foi preso em flagrante no dia 23/06/2000, o lavrador Josias Francisco dos Anjos de 58 anos, que durante dois anos raspou a casca de uma árvore para fazer chá para sua mulher que estava doente. Enquanto isso no Brasil, 70% da madeira removida da Amazônia é retirada de forma ilegal, e não há um latifundiário preso, e tantos outros casos de impunidades acontecem devido a injustiça da justiça. Os direitos Fundamentais são fundamentais para um estado livre por direito. À Liberdade é um dos direitos sem o qual não existem os demais.  Em pleno século 21 ainda existe trabalho escravo com o agravante de serem feitos por crianças e adolescentes, trafico de seres humanos, preconceito racial e social,  e outros crimes de lesa humanidade, pessoas que ainda se encontram presos mesmo tendo cumprido as suas penas, sem falar nas condições desumanas das penitenciarias e cadeias, a extrema miséria que alguns ainda se encontram, esse mínimo salário, que de acordo ao Dieese era para ser R$ 2.519,97, dentre 40 países Pesquisados pela consultoria britânica Economist Intelligence, o Brasil ocupou o 39ª posição no ranking de melhores sistemas educacionais doa países pesquisados, não temos nem a liberdade para escrever sobre toda a falta de liberdade sem sermos de uma forma ou de outra coagidos, seja pelo medo das reações adversas, ou pela proibição propriamente dita. Nessa semana em um encontro da ONU na cidade de Dubai, regimes autoritários fizeram pressão pelo controle governamental completo da Internet em um tratado global obrigatório – se eles tiverem sucesso, a Internet pode se tornar menos aberta, mais cara e muito mais lenta, diz o AVAAZ em seu site: http://www.avaaz.org/po/hands_off_our_internet_i/?cCjXdb.   Liberdade é ter direito a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados direitos sociais garantidos pela constituição da Republica Federativa do Brasil de 1988. São tantos escândalos descobertos, fora os que são encobertos, Mensalão, porto seguro, uma verdadeira cachoeira de corrupção. Mensalão: R$ 55 milhões em 2005. O Banestado: R$ 42 bilhões de 1996 a 2000. TRT de São Paulo: R$ 923 milhões no orçamento público de 1992 a 1999. Anões do orçamento: R$ 800 milhões de 1989 a 1992. E quem vai pagar a conta? O povo... A lei proíbe a corrupção permite, a lei julga a corrupção absorve. Ou a lei permite e a corrupção proíbe, a lei absorve e a corrupção condena. A corrupção é o juiz da lei. Ressaltando que todo regra tem a sua exceção. Há bons magistrados e razoáveis políticos.

                                         Por: Leandro Medeiros Santos



segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Vaidades na blogosfera



A vaidade é inerente do ser humano, “Vaidade de vaidades, diz o pregador, vaidade de vaidades! Tudo é vaidade. Eclesiastes 1 versículo 2”. E não seria diferente entre alguns adeptos do blog e seus similares, existem leis um tanto quanto antiquadas e arcaicas, alguns mandamentos para os que prezam por quantidade. Nunca, mas nunca mesmo, fique sem devolver um comentário, por mais que você não entenda ou não goste do texto, mas pelo menos elogie mesmo superficialmente, se não você não terá mais comentários dessa pessoa e assim com boa parte das demais, além de perde seguidores. Podem pensar que isso tudo é pura inveja ou algo parecido, mas mesmo que fosse ainda não me rendi a esse joguinho de vaidades cibernético e nem pretendo me render. Sem nenhuma hipocrisia penso que nem sempre 3 valerá mais do que 2, ou 1 mais do que nenhum. Viva a qualidade!

                                       Por: Leandro Medeiros Santos


                                Uma das utilidades do blog:

Liberdade, liberdade! abre as asas sobre nós... a liberdade é conquistada por meio da luta...

Nesse momento, em um encontro da ONU na cidade de Dubai, regimes autoritários estão fazendo pressão pelo controle governmental completo da Internet em um tratado global obrigatório – se eles tiverem sucesso, a Internet pode se tornar menos aberta, mais cara e muito mais lenta. Temos apenas 2 dias para impedí-los.

Acessem o link a baixo:

http://www.avaaz.org/po/hands_off_our_internet_i/?cCjXdb


                                    

sábado, 8 de dezembro de 2012

O amor não é obsessivo




Por amor persistimos até não ferir a pessoa supostamente amada, até o limite da dignidade humana, e não ser desumano em especial com o ser supostamente amado. Coríntios 13 descreve um amor que almeja sempre o bem, e querer o bem não consiste em perseguições utilizando até outras pessoas camuflando assim as reais intenções se passando por vitima escondendo a maldade por de trás das sombras de poemas sentimentais, “mesmo porque o nosso pior algoz é quando nos fazemos de vitima”. Já á obsessão desconhece o amor, só conhece a dor que motiva a exaustiva persistência, e enquanto a dor não passa... sendo ela popularmente conhecido como dor de cotovelo, o ódio é confundido com o amor, e todos os erros são justificáveis por uma mente doente. Em muitos casos esse argumento é utilizando como subterfúgio por alguns advogados para atenuar a pena de seus clientes, alegando crime passional “o meu cliente matou por que não conseguiu vê a sua amada nos braços de outro”. Quantas vidas não foram ceifadas por pessoas obsessivas, por pessoas que confundiram amor com o ódio? Mas ao mesmo tempo quanto tempo de vida não foi desperdiçado na vã tentativa de mendigar felicidade tentando fazer outras pessoas infelizes.

Retrato nessas palavras um pouco do absurdo, da obsessão de um homem que não soube dar valor a uma extraordinária mulher, a qual hoje é, e sempre será a  minha amada esposa.

Por: Leandro Medeiros Santos

domingo, 2 de dezembro de 2012

Medalha de prata


Entre 40 Países pesquisados pela consultoria britânica Economist Intelligence Unit (EIU), encomendado pela Pearson empresa que fabrica sistemas de aprendizado e vende seus produtos a vários países, o Brasil ocupa a 39 º posição do ranking dos melhores sistemas de educação dos Países pesquisados, ou o 2ª lugar dos piores sistemas de educação. Seria um bom sinal para empresa Pearson, pois o há muito que fazer pela educação Brasileira ”ou seja a muito o que vender” haja vista que o país é a 6º maior economia do mundo, infelizmente para os Brasileiros e para a empresa Person os nossos governantes não enxergam na educação o crescimento econômico e social. Além de ocuparmos essa vexatória posição, ouviremos algumas explicações, veremos alguns gráficos, algumas comparações do que era e do que é, e nada de significante mudará “tudo como dantes no quartel d'Abrantes”. A minha duvida é: Se fossem mais países pesquisados, qual seria a posição do Brasil?

                                      Por: Leandro Medeiros Santos

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Há mulheres e mulheres




O homem pode até ter pisado na lua ou até mesmo no sol, mas nem os mais afeminados nunca pisaram em solo feminino, não é atua que considero Freud um extraterrestre, só mesmo ele para explicar. O gênesis relata que a mulher foi feita a partir de uma das costelas de Adão, acredito, porém que algumas mulheres descendam das escamas da serpente ou mais precisamente da sua bífida língua, que horas fala bem, e horas fala mal da mesma pessoa. São tão complexas que nem elas mesmas se entendem. Acho que o aforismo “quem desdenha quer comprar” partiu da uma observação dos comportamentos femininos, quantas amigas falam mal da roupa do cabelo, poema e pior do namorado, esposo... Mas na verdade morrem de inveja por não terem. Algumas só se interessam quando outra se interessa. Uma bela mulher ao lado é como ter um carro do ano, chama a atenção de muitos olhares femininos. A rivalidade entre elas é muito maior do que a guerra do sexo “entre homens e mulheres”. Esse é um pouco do planeta habitado por algumas mulheres, entretanto considero a criação mais perfeita de Deus.

Por: Leandro Medeiros Santos

domingo, 7 de outubro de 2012

Latrina Eleitoral


Tem coisas que não mudam nunca, assim como a velha posição de defecar, principalmente na latrina eleitoral, pois a urna eleitoral não passa de um vaso sanitário para muitos eleitores. O pior é quando não é dado à descarga, e as narinas de pessoas honestas terão que suportar o mau cheiro da corrupção por mais quatro anos.


Por: Leandro Medeiros Santos

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Stand Up



Você não precisa ser Rafinha Bastos, e tão pouco ter vários processos por fazer da desgraça alheia o seu sustento para ser um comediante de stand up, basta ser um conformado Brasileiro que trabalha o ano inteiro ganhando um salario mínimo, ”ou seja pagar para trabalhar, de acordo ao Dieese  o salário mínimo era para ser R$ 2.519,97 e não os R$ 622,00, e há muitos que ainda precisam pagar para fazer provas de concursos públicos concorrendo com todos inclusive com a corrupção, para quem sabe algum dia ser chamado caso seja aprovado em meio a questões anuladas a gabaritos comprados ao nepotismo disfarçado, e isso tudo por um salario mínimo “.  Se alguns não rirem de seus próprios problemas enlouquecerão como muitos. Pena que a maioria só sabe fazer comedia, e de suas próprias desgraças, se pelo menos ganhassem alguns trocados com isso, só quem ganha dinheiro de verdade com piada de pobre é rico, e quem mais rir de piada sobre o pobre são os próprios. As piadas que fazem de rico são eles ferrando com os miseráveis, principalmente os políticos, o mensalão, os dólares na cueca, e tantas outras piadas sobre políticos. Acorda Brasil, para de rir de se mesmo, e de ser o motivo das gargalhadas, principalmente para os Europeus que estão ganhando os nossos melhores empregos.

Por: Leandro Medeiros Santos

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Descredito


A politica anda tão desacreditada que até mesmo as criticas mais ferrenhas não cativam mais os olhos de antes, os ouvidos de outrora. Muitas vozes calaram-se, a minha ainda está desesperançosa, porque a minha esperança na politica faleceu a um Bom tempo. O que resta agora para Moá? É fazer poesia e rimá... 


                                    Por: Leandro Medeiros Santos

sábado, 8 de setembro de 2012

Latrina Federal

                               


Defeco palavras, quando quem quero que as ouça, seja essa merda que fedi muito mais do que fezes de bebe. O mau cheiro  das minhas palavras, incomodam muito menos as minhas narinas do que esse pútrido odor de banheiro de rodoviária, onde a maioria faz merda, e não da à descarga na latrina Federal, 


                            Por Leandro Medeiros Santos 

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Plágio

O grito do Ipiranga, Pedro Américo 

Friedland de Ernest Meissounier.

No dia 7 de setembro de 1822, D Pedro I regressava de Santos-SP quando recebeu uma mensagem as margens do riacho do Ipiranga vinda de D João VI exigindo que D Pedro I voltasse para Portugal. No mesmo dia recebeu outras duas mensagens, uma de José Bonifácio e outra da Princesa Leopoldina e ambas aconselhando que D Pedro I proclamasse imediatamente a independência de Portugal. Supostamente empunhou a sua espada e bradou Independência ou morte, o Grito que separaria o Brasil dos domínios de Portugal? No mesmo dia no Teatro da Opera em São Paulo D Pedro I foi aclamado como o 1º rei do Brasil, mas só dia 12 de outubro foi aclamado Imperador Do Brasil. Até a nossa suposta independência supostamente não foi no dia 7 de setembro, e isso mediante a uma senhora indenização paga a Portugal. Curioso é que o Brasil mesmo lesado por Portugal ainda teve que pagar uma indenização para quem o furtou. Até o quadro “O Grito do Ipiranga” pintado pelo Paraibano Pedro Américo foi considerado um plagio do quadro pintado em 1807 por ”Friedland de Ernest Meissounier”em que Napoleão Bonaparte saúda um regimento. O plagiador concluiu a sua obra em 1888 depois 66 anos do suposto fato que entrou para história. Além do plagio, o artista não retratou o que de fato ocorreu. Dom Pedro I e toda sua comitiva não estavam montados em belos cavalos, com as suas belas fardas, empunhados as suas espaçadas, bradando independência aos quatros cantos. Eram mulas ou burros, devido ao terreno não ser apropriado para cavalos, às roupas eram simples devido à travessia da Serra do mar ser algo muito difícil, fora que o miado da independência não foi algo planejado para que ocorresse naquelas circunstancias como o quadro representa. O grito do Ipiranga na verdade foi uma dor de barriga que a comentou dom Pedro I, montado em sua mula as margens do Riacho do Ipiranga quando o mesmo gritou, incontinência de morte!!! Até o verde e amarelo da Bandeira não representa as nossas florestas e riquezas minerais, como é ensinado em nossas escolas. O verde é oriundo da cor da casa dos Braganças, e o amarelo é a cor dos habsburgos, de que provem a Imperatriz Dona Leopoldina. O nosso hino é um plágio! A obra de Francisco Manuel da Silva é uma cópia do tema do padre José Maurício Nunes Garcia, chamado Matinas de Nossa Senhora da Conceição. A verdade sobre o Brasil desde 1500 é que a boa parte da sua historia é uma mentira. O hasteamento em chamas da bandeira do Brasil, é muito mais patriótico do que perpetuar essa farsa do 7 de setembro...
Por: Leandro Medeiros 
Fontes:

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

O cete imperfeito


Nos moldes que a politica Brasileira encontra-se, as eleições servem apenas para legitimar um Estado sem direito. O dia sete De outubro não se difere em quase nada do dia sete de setembro, quando tornaram-nos ainda mais dependentes de nossos colonizadores, onde o miado do Ipiranga calou ainda mais a voz da liberdade, tornando-nos colonos disfarçados por uma pseudo independência muito bem paga à título de indenização a Portugal. O voto é uma das formas de nos ludibriar.  Elegemos alguém que por mais que seja bem intencionado, será o sistema capitalista que continuará ditando as regras do jogo. A ditadura Militar Brasileira de 64 era mais sincera do que essa pseudo democracia. Chego a pensar que escolheram o sétimo dia do mês dentre outros dias para escarnecerem de Deus.

                                              Por: Leandro Medeiros Santos

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

A corrupção legitimada



A lei da ficha limpa em muitos casos legitima a corrupção, mesmo com a homologação da candidatura deferida pelo TRE, necessariamente não significa ser um ficha limpa. Há muitas fichas, onde não constam todo o passado do candidato, pois só há o suficiente para não ser considerado sujo, não o necessário para ser limpo de fato, e com a candidatura impugnada utilizam da prática escusa, covarde e imoral, só não criminosa  por que, ainda não é considerado crime utilizar a esposa ou quem quer que seja para mascarar o verdadeiro candidato. Nesse caso quem assume não será o mesmo que se candidatou, e o  voto elegerá o inelegível.

                                  Por: Leandro Medeiros Santos

sábado, 18 de agosto de 2012

Ação e reação


Dentre as varias perguntas que não querem calar, como pode um orçamento de campanha para prefeito chegar a valores exorbitantes a tal ponto que às vezes ultrapassam o repasse de alguns municípios FPM ( fundo de participação dos municípios)? E ainda não estou falando do que não é declaro para o TSE, os caixas 2,3,4,...É realmente necessário tais recursos para convencer o eleitorado a respeito de suas boas intenções politicas? Não sei ao certo, pois nunca convenceram-me com santinhos, singles, comícios e demais métodos demagógicos que todos os corruptos utilizam para ludibriar a população, se bem que muitos interessam só pelas  promessas pessoas, “não estou sendo nem um pouco eufemista”. Só os pouquíssimos políticos sérios usam de forma pedagógica, ensinando os poucos que ainda querem aprender como é feito uma politica honesta sem grandes gastos, e com muitas propostas. Talvez faça necessário para muitas pessoas muita propaganda, mas mesmo assim ainda me intriga se essas cifras que muitas vezes corrompem muitas pessoas são realmente utilizadas para os fins que são designados? A logica é que a teoria não convence a pratica, quem investi verdadeiras fortunas para convencer que é a melhor opção, não me convence, é muita tolice acreditar que é somente pela boa vontade de contribuir para uma sociedade melhor, que é investido tanto em tantas campanhas politicas, investimento é a palavra que define muito bem a verdadeira intenção por de trás de muitas candidaturas, como diz Isaac Newton toda ação tem uma reação, a cada centavo aplicado, quanto não é lucrado depois de eleito?


                                           Por: Leandro Medeiros Santos

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Preambulo







Circuncide o mal ao invés das mulheres do continente Africano
Para que nesse mundo não haja mais prazer na maldade
Façam vasectomia para esterilizar a crueldade  
Usem contraceptivos para que pelo menos nessa noite
só a bondade possa reproduzir nesse mundo.

                                            Por: Leandro Medeiros Santos

domingo, 12 de agosto de 2012

Amadorismo e corrupção na política



Quando almejamos um cargo publico e não submetemos a métodos escusos para alcança-lo, dedicamos aos estudos, investimos em apostilas e cursinhos preparatórios, e a depender do cargo se requer até um nível superior, ainda assim mesmo corremos o risco de não passamos, por conta da corrupção. O que revolta é saber que não se requer níveis de conhecimentos específicos para exerce uma função de Prefeito ou Vereador, um funcionário público do Poder Executivo ou Legislativo municipal, que exerce seu cargo em função de uma legislatura (mandato). Se pelo menos fossem necessário à comprovação de conhecimentos de Administração Pública e Gestão de Cidades para ser um candidatar a prefeito, ou para os candidatos a vereador, no mínimo cursos de controle social e fiscalização das contas publicas, infelizmente nada disso se requer diante das funções que serão apresentadas agora para ser um prefeito ou vereador, Prefeito: Negociar convênios e obter benefícios ou auxílios para a sua cidade, apresentar projetos de leis à Câmara, sancionar, promulgar, fazer publicar e vetar as leis, convocar extraordinariamente a Câmara, quando necessário. Representar o município em todas as circunstâncias. Deve se relacionar com organizações comunitárias, lideranças locais, buscando o seu apoio, quando necessário, consultando-as e ouvindo-as para conhecer suas aspirações e suas necessidades de modo a integrá-las ao processo decisório municipal e governar com a comunidade. Vereador:  Analisar e aprovar leis ligadas à prefeitura e ao poder executivo. Fiscalizar vários órgãos da prefeitura, além de requerer prestação de conta por parte do prefeito. Votar projetos de lei. Receber os eleitores e ouvir sugestões, críticas, reivindicações. Promover a ligação entre eleitores da região que representa e o governo. Elaborar e redigir projetos. Criar leis com intuito de formar uma sociedade mais justa. Fiscalizar a ação do prefeito, garantindo que os recursos sejam aplicados de acordo com o que estabelece a lei; Apresentar e aprovar leis que melhorem a cidade e a qualidade de vida de seus moradores; Atender às reivindicações de cada comunidade que os elegeu como seus representantes. Alguns dados para comprovar o amadorismo e mau caratismo na politica, Pelo menos 90% dos municípios baianos não sabem administrar seus recursos financeiros. É o que aponta o Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan). Baseada em dados de 2006 a 2010, a pesquisa afirma que 82 das 374 cidades baianas investigadas estão entre as 500 piores do país. Isso é um sinal de que são eleitos pessoas sem a menor condição técnica e moral para administrar um munício, e também alguns vereadores que se quer conhecem a lei orgânica do município. São Eleitos na maioria das vezes amadores e corruptos.

                                                 Por: Leandro Medeiros Santos

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Catatonismo Brasileiro



O Brasil encontra-se catatônico diante da corrupção. A revista veja, por exemplo, publicou no dia 08/08/2012 na sua capa, as protagonistas da novela Avenida Brasil, enquanto a novela corrupção do Brasil os protagonistas foram citados de forma bem discreta, mais uma vez a mídia usa da velha politica escusa do pão e circo para encobrir os reais problemas da sociedade. Entretenimento para a família Brasileira é sinônimo alienação.

                                Por: Leandro Medeiros Santos
                                              

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Raspam o nosso Brasil e ninguém é preso, mas Josias Francisco Dos Anjos não teve a mesma sorte ao raspar uma casca de árvore.



No Brasil, Tantos corruptos raspam até o fundo do pote do dinheiro público e ninguém é preso. No Brasil, 70% da madeira removida da Amazônia, é retirada de forma ilegal, e ninguém é preso. No Brasil, aprovam uma lei ambiental que não tem nada de ambiental, e os mesmo, possivelmente ainda serão eleitos. No mesmo Brasil, um lavrador de 58 anos, com a finalidade medicinal, para amenizar os sintomas da doença de sua esposaDona Erotildes. Raspou a casca da árvore almesca, localizada na área de preservação permanente que fica às margens do córrego Pindaíba, em Planaltina (a 44 km de Brasília), E foi surpreendido com um tiro para o alto, dado por soldados da Polícia Florestal, e em seguida é enquadrado na Lei do Meio Ambiente (9.605, de 98). Enquanto a casca de árvores chamadas Brasil, são desmatadas e ninguém é preso. Se um europeu fosse detido, contrabandeando Pau Brasil, provavelmente seria solto por argumentar que estava encenando uma peça teatral, retratando a história do descobrimento do Brasil, até os dias atuais, seria considerado um artista internacional, diferente de Josias, que foi injustamente considerado um criminoso. Se o filho de Eike Batista tivesse batido com o seu carro e derrubado a mesma árvore, correria até o risco de ser indenizado pelo estado, com a acusação de que a árvore é culpada “por ter aparecido do nada na minha frente". Pena que ninguém se propõe a raspar a casca de muitos caras de pau. Na certa, a primeira cara seria a dos que prenderam o senhor Josias. Raspam o Brasil e ninguém é preso, talvez por que a justiça só considere Josias e tantos outros um Zé ninguém.

Por: Leandro Medeiros Santos

domingo, 8 de julho de 2012

Terra de ninguém


Chamo-me Justino
Desde que era menino
Eu aprendi a caçar e a pescar
Só não tive como aprender o b.a ba
Lembro da minha vozinha a joelhada a rezar
Para que eu nunca viesse a roubar e nem a matar
O que tivesse teria que ser conquistado por trabalhar

Mas a seca arrastou-me para esse longínquo e maldito lugar
Agora sou mais um em meio a tantos outros retirantes
O qual busca sobreviver nessa cidade tão grande
Não quero virar mais um de seus bandidos
Mas encontro-me vagando perdido
E qualquer lugar que eu chego
Não há nenhum emprego
O que muito aqui vejo
Nos sinais e becos

A face desoladora do monstruoso desemprego
Não me resta mesmo a fazer quase nada
Tenho um revolve só com uma bala
Eu não queria ter que precisar
Sacar o meu revolve e ter que atirar
Pior será se eu tiver mesmo que matar
Não foi isso que a vozinha tanto me ensinou
Se ela estivesse viva morreria de desgosto e dor

Sua única riqueza era o seu valor
Agora o seu neto come do que roubou?
Diria ainda bem que Deus já levou o seu avô
Aqui eu vi tanta chuva que muita gente até reclama
Lá para se esquecer da fome íamos mas cedo para cama
E não pense que tardava muito, ela logo me chama
Levanta dai vai da de comer as suas lombrigas
Elas aperreiam-me com tantas brigas

Queria não ter mais essas minhas memorias
Cada vez que lembro dessas horrendas histórias
A fome infelizmente me da mais um pouco de coragem
Para ter de fazer mesmo de uma vez por toda essa bobagem
Aqui não tem nenhum bicho mas é muito mas selvagem
Os venenos das serpentes são a sua malandragem
Meu pai e minha mãe a elas sucumbiram
ninguém que conheço não os viram

Desde quando eles vieram para cá
Parecia que sabiam que não iam mas voltar
Mesmo até hoje penso que ainda vou os encontrar
O nome do meu pai é Sebastião filho Ferreira dos santos
E da minha pobre mãezinha é Ana Ferreira do anjos
Mas não poderão contar com santos e anjos
 Estou preste a fazer um grande pecado
 Perdoai Deus antes de pratica-lo

 Saquei o revolver e anunciei o esperado assalto
Agora havia tantos demônios ao meu lado
As minhas pernas começam a tremer
Logo Todos começam a percebe
Para impor moral dei um tiro para cima
A bala ricocheteou e atingiu um senhor na esquina  
Fiquei tão imensamente desesperado e foi logo ajuda-lo
Reencontrei o meu pai em meus braços todo ensanguentado

A sua voz bem fraca balbuciou algo tão divino
Disse-as saudade de tu meu filho Justino
Vejo que não é mas aquele menino
Antes que me peça o perdão
Perdoe-me pela omissão
Não cumpri a missão
Não pude te criar
 Pai não vá ...

Por: Leandro Medeiros Santos

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Os donos dos Tronos


O Brasil Foi Privatizado Pela Corrupção...
Em 10 vezes sem juros
 Com parcelas iguais
De 0,000... Reais
Financiado pelo banco do povo.
No programa do Governo Federal:
Minha estatal, minha vida.

Por: Leandro Medeiros Santos.


sábado, 5 de maio de 2012

A Diferença é ≠ da Indiferença



A sociedade deveria ser construída pelas diferenças
Sendo elas vistas não de forma indiferente.
E não pelas indiferenças sendo vista de forma diferente.
E como o que é valorizado é o individuo, e não o coletivo.
O ter vale mais do que o ser
Ao ponto da frase ter tornado um clichê.
O egocentrismo dessas pessoas faz com que
Para os próprios não haja mais crianças abandonadas.
Ou noticias delas estarem sendo espancadas,
Não existem mais desempregados
E o salario mínimo, é o mínimo que se precisa para viver.
E não como antes que era para sobreviver
Não exista mais fome, todo mundo agora come,
As cores agora são uma só, não posso dizer qual seja a cor.
Pois depende de quem se vê e, como se vê nesse texto.
Respiramos só O2 e não mais CO2 e .
O são Francisco é todo navegável e,
Não mais haverá transposição.
Não existe mais latifúndio e,
Quem na terra trabalha é dono Seu pedaço de chão.
Não a mais desigualdades sociais
Não a mais guerras o mundo esta em paz...
Pois a indiferença criou um mundo sem problemas                                 a não ser o dessas pessoas.
A diferença não poder ser vista de forma indiferente!!!

Por : Leandro Medeiros Santos




terça-feira, 27 de março de 2012

A cadeia humana



1.     A cadeia humana

Na cadeia animal o mais forte precisa do mais fraco para sobreviver, já na cadeia humana o mais rico precisa do mais pobre para continuar cada vez mais rico.
Uma menininha pergunta, se os tubarões fossem pessoas eles seriam bonzinhos para com os peixinhos menores? “Bertolt Brecht”
 Minha resposta é:
Seria mais fácil, os tubarões dos mares e oceanos serem vegetarianos, do que os tubarões de piscinas luxuosas serem bonzinhos com os menos desfavorecidos.

Por: Leandro Medeiros santos


agradeço ao meu & amor Jana Cruz por ter me ajudado !!!

http://www.antimilitaristas.org/spip.php?article2870